sexta-feira, 9 de julho de 2010

És perseguido???

Oi gentem!!

Esta semana estava me lembrando de um causo que aconteceu comigo no colégio. Vocês sabem que eu sou nascida e criada na igreja, né? É e foi justamente por isso que tudo aconteceu.

Sabe aqueles grupinhos que adoram colocar apelidos e implicar com os outros? Pois bem, eu fui uma vítima deles. O grupo era liderado por Marcão. Um garoto metido a valentão, que amava perturbar a vida dos outros meninos, junto com seus fiéis escudeiros: Plínio e Tomate (um ruivo que dava crédito ao apelido).
Essa thurma também era composta por algumas meninas e foram elas que começaram a azucrinar a minha vida.

Foi só descobrir que eu era evangélica e pronto. Eu não tinha mais paz dentro da escola. E começaram os apelidos: “crente do rabo quente”, “santinha do pau oco”... e por aí vai. O problema todo era que esses nomes simpáticos eram gritados quando me viam. E o restante do povo começava a rir de mim. Se eu dissesse que faria tal coisa, logo me recriminavam: “Ué, mas você não pode fazer isso, sua religião não permite”, e logo vinham as gargalhadas.

Era muito chato isso. Por não ir à bailes, discotecas, não sair ficando com todos os meninos, não ter nenhum vício (fumar, beber), era logo perturbada e no mínimo era chamada de careta. Só o Senhor para me dar graça!

Chegou um ponto que eu não tinha mais vontade de ir às aulas. Meu rendimento e minhas notas começaram a cair. Eu não conseguia me concentrar nas matérias. Eu vivia em um dilema. Enquanto na igreja era muito bem quista, super entrosada, ativa, na escola era perseguida e sofria muito.

E como um adolescente deve se portar diante disso, você deve estar me perguntando?! Seguindo as Escrituras. A Palavra já nos alertou sobre isso, lembram? “No mundo tereis aflição, mas tende bom animo. Eu venci o mundo”, João 16: 33.

Claro que na época não foi fácil. Mas eu e as minhas amigas (lógico que nesse período eu tinha amigas na escola e que me apoiavam muito) sofremos muita perseguição. E consegui vencer com jejum, oração e muita graça de Deus. Por isso digo à vocês, ficar com Jesus é muito melhor.

Esses dias descobri que a gang não está nada bem. O Marcão se tornou um bandido e está preso; o Plínio se envolveu com coisas erradas e acabou morrendo em confronto com a polícia. Tomate, olha que surpresa boa!, se converteu para a glória de Deus. As meninas, bem tem uma que está melhorando, já fala comigo e tudo?! Estamos evangelizando ela. As outras também estão envolvidas com o crime. Espero que o Senhor toque na vida delas e que elas sejam alcançadas pelo evangelho.

Essa é a recompensa! Como diz aquele hino da Damares: “Não adianta encostar com um ungido, porque mexer com um ungido é brincar com fogo”. O Senhor está o tempo todo nos guardando e vendo todos os nossos passos. Mesmo que parece que Ele não está nos ouvindo, Ele está atento a tudo. Ele nos ama e só quer o nosso bem.

Bom, foi dado o recado. Espero que possa ter ajudado alguém. E se você é perseguido por servir a Deus, não fique triste e nem largue Jesus. Ele está olhando por você e em breve virá o socorro. Que Deus abençoe a todos.

Beijos da Bia.
Fui!!


6 comentários:

Milena Mendonça disse...

É verdade. Eu sou uma dessas crianças. Na minha escola, só tem criança, doze anos, pensa que é adulto porque faz coisas erradas. Mas tem uma menina na minha sala que também é evangélica, mas pouca gente sabe, porque ela é caladinha e quietinha, eu e ela somos muio amigas. Mas, mesmo assim, deixo essas meninas que às vezes tentam envenenar minha mente para lá. No futuro, isso dará problemas.

Na Paz do Senhor,
Milena do Mile Blog.

Escritora em construção disse...

Guria,
Adoro quando você atualiza esse cantinho, ainda mais quando é com esse tipo de reflexão!

DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO RICAMENTE!!!

Ah!!! Que nós consigamos cada dia mais alcançar quem está ao nosso redor, é por onde começa o "ide".

Beijos

Páginas da Bia disse...

Oi Mile!!

Sei o que você está passando. Mas persista na fé. O Senhor Jesus vai te abençoar e vai te honrar muito. Que Ele também abençoe a sua amiga.

Fique na Paz.

Beijos da Bia.

Páginas da Bia disse...

Oi Escritora!!!

Obrigada pela visita. Também vou sempre no seu blog, mas nem sempre dá pra comentar. Ele tá show! Obrigada pelo elogio também.

Que Deus nos abençoe e nos ensine a melhor maneira de chegar até os aflitos.
Fique na paz.

Beijos da Bia.

Cíntia Mara disse...

É triste saber que nossos antigos colegas - mesmo que não tenham sido muito legais com a gente - se envolveram com crimes e tiveram um triste fim. Mas glória a Deus por você ter resistido firme às perseguições. Curioso que semana passada eu participei de uma blogagem coletiva sobre bullying e tem tudo a ver com isso que você falou. Uma menina que participou, comentou que ela também sofria com isso por ser evangélica. Eu, como me converti na adolescência, não passei por isso, mas imagino que seja difícil mesmo.

Beijos

Páginas da Bia disse...

É Cíntia!

Só Jesus na nossa vida mesmo. Temos que crê nEle mesmo. Ainda bem que temos Ele do nosso lado. Podemos achar que está demorando, mas não, Ele está nos preparando para receber a bênção.
Temos mesmo de ser persistentes.

Que Deus te abençoe.

Beijos da Bia.