sábado, 7 de julho de 2007

Capítulo 1 - Muito Pazer!

Oi Gente! Deixa eu me apresentar à vocês. Meu nome é Beatriz, mas todos me chamam de Bia. Sou uma jovem e não vou revelar minha idade, vocês sabem como nós meninas somos, né??? Hehe. Sou evangélica desde que nasci, mas aqui em casa nem todo mundo é. Vocês devem ter passado ou pelo menos devem conhecer alguém que já passou ou passa por essa situação...
Por ter contato com pessoas do mundo, às vezes, aparecem dúvidas, interrogações e altos questionamentos dentro de nós. É..., comigo não é diferente. Mas acho que vocês podem me ajudar. Sempre que possível irei contar algumas das minhas experiências, para juntos debatermos. O que vocês acham? Vocês também podem enviar casos que aconteceram com vocês ou com conhecidos, assim nos ajudaremos.
Vou falar um pouquinho mais sobre mim: sou estudante e estou começando a faculdade. É muito legal esse novo mundo que estou descobrindo, mas também percebo que é perigoso. Já surgiram algumas tentações! E estou sem saber o que fazer.
Sirvo ao Deus Altíssimo, mas também não posso destratar as almas que não o conheceram. Porém, como me impor sem parecer “careta” e me tornar alvo de piadas? É complicado...
Por exemplo: eu amo música, adoro cantar, dançar, e eles vivem me convidando para danceterias, boates. Por enquanto tenho conseguido escapar dessas ciladas. Tive uma criação rigorosa, do tipo: isso é pecado!. Dançar então?! Caramba... nem em sonho! Mas eu não entendo. Todas as coisas não foram criadas por Deus? Miriã dançou! Por que eu também não posso? Posso sim! Mas é bom lembrar que tudo depende da forma em que a coisa é feita. Existem muitas músicas que despertam a sensualidade e isso não condiz com a postura de uma pessoa cristã.
Vocês já repararam que o mundo tem tentado tragar os jovens de tudo quanto é lado? Não se faz mais roupas para bleianos e nós temos que “rebolar” para conseguir meios de não sair da doutrina. São decotes, roupas coladas, etc. Nem sempre conseguimos uma boa costureira, que consiga transformar as roupas para nós.
E o kit Jezabel? Vocês sabem o que é? Essa é uma gíria que umas amigas minhas e eu usamos. Esse kit nada mais é que: Maquiagens, com cores mais vivas do que as usadas por nossas avós bleianas. Também, roupas mais leves e frescas para períodos em que o sol está quente! E é claro, aqueles adereços que nos enfeitam, mas que os evangélicos mais antigos jamé aceitam! (rs). Tipo: cordões, brincos, pulseiras, entre outros...
Será que por essas coisas eu estaria pecando? Sei que as igrejas têm mudado bastante nos últimos tempos, mas como nós devemos agir? Na minha concepção, devemos seguir a liderança. Bem, é assim que a Bíblia ensina. Afinal, Deus não colocou o nosso líder e o nosso pastor nesses cargos a toa, não é mesmo?
Obedecer é bíblico. “Quanto à vossa obediência, é ela conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal”, Rm 16.19, e ainda: “Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo”, 2Co 10.5.
Acho que o lance é seguir a Bíblia. Já pensou? No dia do juízo ficar por causa de uma manga? Sai pra lá! Têm que chutar isso que com certeza é laço!
É isso aê galera! Espero que vocês tenham gostado de me conhecer e que possamos ser amigos, mesmo que virtualmente.


Fiquem na paz, porque ela é nossa!!!


Por hora vou partindo, mas não para o Céu!


Beijo da Bia!

Fui!

4 comentários:

thempus_1 disse...

Menina, muito prazer, ops, prazer não é coisa de jovens cristãos, ou é? xii, bem, rsrs muito bom conhecê-la e participar das suas ideias, dos seu conceitos e será uma belezinha participar desse bate-papo.

;) Bjins e paz
-(õ)c(õ)-

Páginas da Bia disse...

Olá Thempus!

Seja bem vindo, e pra mim é uma satisfação em conhecê-lo...
Paz

Nicolle disse...

Euu ameeei esse blog, encontrei nele tudo o que eu sinto e penso.
vou voltar aqui sempre,
beijos.
Paz!

Páginas da Bia disse...

Olá Nicolle!

Volte sim... volte sempre.

Conto com seus comentários...

Beijos da Bia